Dicas para uma boa esmaltação

Olá, meninas! 

Hoje o post não tem esmalte do dia, da semana, nem nada disso. Hoje vou explicar e contar pra vocês qual a forma mais fácil de esmaltar as unhas quando eu ainda fazia a esmaltação convencional, que é aquela do esmalte bem juntinho da cutícula. Muitas meninas têm dúvidas de como manusear o palito, como ele deve ser, como deve ser encaixado à cutícula e essas coisas, então vou explicar pra vocês como eu fazia, porque já devem saber que faço a americana há algum tempo (cerca de dois anos). 
Antes disso, eu preparei uma explicação breve sobre o Instant Cuticle Remover, da Sally Hansen, pra explicar como que esse famoso “solvente” de cutículas atua nas mesmas. 



Primeiramente... suas cutículas não vão dissolver e nem seus dedos vão arrancar! É um pouco exagerada a explicação na embalagem, que diz que em 15 segundos as cutículas serão dissolvidas. Elas amolecem de dentro pra fora. Embaixo da cutícula tem uma pele fininha que fica crescendo, mesmo que devagar, uma hora ela vai apontar, mesmo nas que tiram cutícula. Já reparam uma pelinha fina e esbranquiçada que vai começando a “cobrir” a parte de cima da unha? É essa a “cutícula” que ele vai dissolver, e realmente, amolece tudo e sai numa passada de espátula.


Essa é a minha espátula, totalmente esterilizável, mas como o uso é próprio mesmo, nem ligo. Uma pontinha é de empurrar a cutícula e a outra é a “faquinha” que vai arrancar essa pelinha e tirar as demais “dissolvidas”. Na primeira foto, consegui tirar a pelinha ainda inteira com a ponta da faquinha, passando levemente entre a cutícula e a unha, não machuca nem nada, só ter cuidado. O removedor ajudou MUITO a remover, mesmo cuidando das cutículas diariamente, essa pelinha cresce e uma hora você tem que removê-la, eu faço isso com esse removedor semana sim, semana não. Na semana em que não uso ele, uso o amolecedor da Farmax. Na segunda foto, já é o restando de pelinha que o removedor dissolveu, removendo isso a cutícula fica limpinha, apenas e linha fina que a forma.


Viram como fica tudo lisinho? Na foto acima, já estava com as cutículas prontas, base nas unhas e hidratante nas mãos.

Vamos começar a esmaltação?
Pra não ter muita dificuldade de remover o esmalte e borrar os cantinhos dos dedos de quem esmalta pertinho da cutícula, é bom hidratar as mãos antes, mas sempre lembre-se de limpar apenas as unhas com algum algodão com pouca acetona, porque se tiver creme na unha, a base não pega e muito menos esmalte!
Segunda coisa, depois de esmaltar, de passar top coat,  o que for... é sempre bom passar óleo secante, mesmo antes de limpar os cantos! O óleo ajuda na remoção do esmalte que foi pra cima do seu dedo, principalmente perto da cutícula.


Pra não ficar aquela “listra branca” entre o esmalte e a cutícula, é importante lembrar de não limpar os cantinho após a primeira camada, assim a camada de baixo vai secar um pouco e quando for limpar na segunda, vai manter o esmalte lá bem perto da cutícula.
O ideal de qualquer esmaltação é pingar uma gotinha de esmalte próximo à cutícula da unha, mas sem encostar, e depois ir subindo com o pincel, assim evita que o esmalte escapole pra cima e borre tudo. Além disso, camadas finas é sempre bom também, evita que acumule aquela “pocinha” de esmalte nos cantos da unha, o que atrapalha completamente pra limpar.


O palito 
Que palito usar? QUALQUER UM! Até palito de dente serve, eu acho que eles são ainda melhores pra quem esmalta dessa forma, pois são fininhos e assim o risco de arrancar uma parte de esmalte da unha na hora de contornar fica menor. O meu é um palito de madeira, tenho um de inox, mas prefiro o de madeira porque não é tão fino, já que eu não uso o esmalte grudado na cutícula, mas mesmo assim dei uma afinada nele com a lixa pra mostrar qual o mínimo que ele deve estar, com a ponta fininha.
Na hora de limpar os cantinhos com o palito, ele deve ser posicionado na lateral, nunca com a ponta, pois posicionar na lateral acaba te dando mais firmeza na mão e o contorno fica menos perigoso. O que vai passar perto do esmalte e cutícula é a PONTA do palito, mas ele deve estar lateralmente posicionado. O mesmo pra limpar! Palito na lateral com POUCO algodão. Você vai precisar repor algodão mais vezes, mas uma ponta fina é mais precisa, enquanto uma ponta gorda de algodão pode borrar todo o acabamento. Os movimentos da limpeza no topo da unha devem circulares e sempre pra cima, pra não correr risco de borrar a unha, e os cantinhos como preferir... Dando batidinhas, esfregando o palito deitado, mas sempre forçando “pra fora” da unha pra não borrar.


O acabamento é esse. Esmalte sem falhas, perto da cutícula e nada de dedo manchado, isso que esmalte vermelho é f*da! Pra melhor comparação, fiz fotos dessas três formas, e mesmo com flash dá pra ver que não existe falha e que minha cutícula tá super limpinha. ;)
De qualquer forma, ainda prefiro a americana, mais fácil pra mim. Algum dia faço post sobre isso também, mas qualquer dúvida é só deixar nos comentários que eu respondo.

E é isso, garotas! Espero que tenham gostado e fiquem ligadas que vem muita coisa legal por aí. Até a próxima!


Comentários
1 Comentários

1 comentários:

  1. Pathy Guarnieri disse...:

    Uma dica que acho válida, é que essa espátula de empurrar a cutícula, sendo de enox pode causar danos na unha. Eu mesma parei de usar depois que traumatizei uma unha. Agora só uso de silicone ou plástico. O mesmo vale para o palito de laranjeira!

    Beijos!

Postar um comentário

Obrigada por comentar! Eu vou amar saber o que você achou do post!

Compartilhe!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
pequeno ponto de vista de Carol Neves © 2013 | ALL RIGHTS RESERVED.