Egito - Complexo de Gize

Olá!
Meu segundo passeio no Egito foi conhecer as pirâmides. E foi incrível! A Grande Pirâmide é assombrosa de grande e mal dá para enquadrar na foto...


O vale compreende três pirâmides: a de Quéops, Quéfren e Miquerinos (pai, filho e neto), além das pirâmides menores, das rainhas, que ficam ao lado da pirâmide de seu marido, e as mastabas, túmulos para os sacerdotes e pessoas do governo.
Isso tudo foi construído na margem leste do Nilo, lado do sol poente, e a cidade dos vivos ficava na outra margem. 

As construções foram iniciadas em torno de 2500 a.C. e, só a pirâmide de Quéops, levou 20 anos para ser finalizada. A Grande Pirâmide tem 137 metros de altura (originalmente eram 147m) e 227 metros em cada lado da base. Ela era a maior construção do mundo, até a Torre Eiffel, que foi construída em 1889.

Mas apesar de todo o esplendor, os ambulantes conseguem estragar tudo isso com tanta pertubação. Eles tentam te vender tudo, querem tirar fotos para cobrar depois, tentam comprar as mulheres e até passam algumas cantadas. Então a dica é tentar nem olhar para eles. Falar? De jeito nenhum!
Se você for atrás das pirâmides, onde tirei a foto acima, é possível alugar um camelo e passear pelo deserto. Vale muito a pena, pois a vista que se tem das pirâmides no meio do deserto é linda!

Entrando na pirâmide
Para mim foi uma experiência única. Mas isso vai de turista pra turista.
Custa LE100 e para muita gente é um valor alto para não se ver nada. Mas se você for apaixonad@ pela história do Egito Antigo como eu e o Danilo, vai ser incrível. Entrar e se transportar pr'aquela época, imaginar como era feito e ficar morrendo de curiosidade de ver outros lugares dentro da pirâmide.
De fato, só se pode visitar uma sala, onde fica um monolito de pedra que abrigava o sarcófago do faraó (pelo menos o que sobrou dele) e o caminho é meio hard core. São muitos degraus numa subida íngreme e precisa ir bem abaixado. Não pode tirar fotos lá dentro (nem pode entrar com máquina), mas eu fui com o celular no bolso e fotografei o caminho pra vocês. E quando finalmente chega lá em cima, precisa passar por um pequeno buraco na parede para entrar na sala.
Descer é um pouco mais tenso e, claro, escorreguei no final e levei um belo tombo. Então cuidado! rs

Ah! Você só vai entregar o seu ingresso pro moço que estiver na porta da pirâmide! Um cara tentou pegar nossos ingressos quando começamos a subir as escadas (do lado de fora) e, se o guia não nos tivesse avisado, iríamos ter entregue achando que o cara trabalhava lá.


  • DESCRIÇÃO
  • DESCRIÇÃO
  • DESCRIÇÃO
  • DESCRIÇÃO
  • DESCRIÇÃO
  • DESCRIÇÃO
  • DESCRIÇÃO
  • DESCRIÇÃO
  • DESCRIÇÃO
  • DESCRIÇÃO
  • DESCRIÇÃO
  • DESCRIÇÃO
  • DESCRIÇÃO





























Curiosidades
  • Quéops mandou revestir toda a parte externa de sua futura tumba com pedra calcária polida. A pirâmide brilhava com a luz do sol e podia ser vista a quilômetros de distância. O revestimento foi saqueado há mais de 600 anos. Hoje existem apenas resíduos dele no topo.
  • É a única das 7 maravilhas que ainda está de pé, e apenas a Pirâmide de Quéops é considerada Maravilha do Mundo.
  • Além da Câmara do Rei, outras duas são conhecidas: a da Rainha (que, apesar do nome, não abriga a múmia da esposa de Quéops, que foi enterrada fora da Grande Pirâmide) e a Secreta. Para descobrir se há outras salas, os cientistas teriam que usar explosivos, que podem danificar a estrutura da obra.
  • Entre as medidas tomadas para que o sarcófago do faraó não fosse saqueado, os idealizadores da pirâmide colocaram pedregulhos para bloquear as entradas, portas pesadas de granito, corredores e câmaras vazias para despistar invasores.
  • Existem algumas teorias que explicam como teoria sido o processo de construção da Grande Pirâmide. A mais aceita é a de que os blocos eram arrastados sobre troncos de madeira por uma rampa. Outra possibilidade seria uma rampa nas paredes externas do monumento. Uma nova teoria, apresentada pelo arquiteto francês Jean-Paul Houdini, afirma que os primeiros 43 metros foram construídos com a rampa externa, mas a partir daí, os blocos foram levados até o topo por meio de rampas internas em espiral.
  • Duas hipóteses explicam a origem dos 3 milhões de blocos de pedra da pirâmide (cada um tem 2,5 toneladas). Uma é que as tais pedras foram levadas de territórios próximos, de barco pelo rio Nilo, e içadas por cordas pelos operários. Outra é que essas pedras eram sintéticas, feitas com o uma espécie primitiva de concreto, à base de calcário, e vazadas em moldes no canteiro de obras.
  • Quéops reinou por volta de 2551 a.C. a 2528 a.C.. Foi o segundo faraó da Quarta dinastia. Ele era filho do faraó Snefru e, ao contrário de seu pai, foi lembrado como um governante cruel e sem piedade.


beijos,

Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. Pathy Guarnieri disse...:

    Essa viagem deve ter sido uma experiência única. Fico vendo suas fotos e morrendo de vontade de ir tb uhahua. Odeio ser pobre. :/

    =*

    coresdovicio.blogspot.com.br

  1. Caroline Neves disse...:

    Foi mesmo, Pathy... e acho que em todos os sentidos!
    Mas aqui, você acha que eu fui como? O bom da CVC é que ela parcela tudo em até 10x sem juros no boleto! hehehe
    Inclusive, eles me ligaram para saber o que aconteceu na viagem e dizer que vão apurar sobre a Watania... vou até fazer um update no outro post...

    =***

Postar um comentário

Obrigada por comentar! Eu vou amar saber o que você achou do post!

Compartilhe!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
pequeno ponto de vista de Carol Neves © 2013 | ALL RIGHTS RESERVED.