Egito - Cidadela de Saladino


A Cidadela do Cairo (ou Cidadela de Saladino), localizada no Monte Mokattan, é uma grande fortificação islâmica que nos dá uma vista espetacular da cidade.

Os sultões da Dinastia Mamluk vieram à cidadela pelo bom clima e pela vista. Foi Ayyubid Ruler Salah-ad-Din quem realizou a fortificação da cidadela para proteger a cidade dos Cruzados. A muralha em volta da cidadela foi construída entre 1176 e 1183. O local serviu tanto com fortaleza quanto como Cidade Real naquele tempo.

O Sultão Mamluk, Al Nasir Muhammad, conseguiu o poder nos anos 1330 e destruiu a maioria das obras de Saladino. Depois, os governantes Otomanos derrubaram muitas das estruturas Mamluk  por volta de 1800.

Hoje, apenas as muralhas da fortaleza de Saladio e a Bir Yusuf, ou Muralha de St. Josephs, restam da estrutura original. A mesquita de Al Nasir Muhammad e uma parte do palácio pertencem à era Mamluk. Todas as outras estruturas foram construídas pelos governantes Otomanos, em particular por Muhammad Ali Pasha, o fundador da última dinastia que governou o Egito.

Os quatro museus que estão localizados dentro da cidadela são: Museu da Polícia, Museu Militar Nacional, Carriage Museum e o Museu do Palácio Al-Gawhara.


  • DESCRIÇÃO
  • aqui ficavam as armas do exército de Saladino
  • DESCRIÇÃO
  • DESCRIÇÃO
  • DESCRIÇÃO
  • DESCRIÇÃO
  • DESCRIÇÃO
  • DESCRIÇÃO
  • DESCRIÇÃO
  • DESCRIÇÃO
  • DESCRIÇÃO
























Mesquita de Alabastro




A Mesquita de Muhammad Ali Pasha está localizada no topo da Cidadela de Saladino e é uma das mais visitadas no Cairo. Foi construída sob as ordens do governante que empresta seu nome à mesquita.

Ela também é chamada de Mesquita de Alabastro por causa do grande uso desse material em sua estrutura. Ela foi projetada por um arquiteto turco, Yusuf Bushnak, por isso se parece com as mesquitas turcas (especialmente a Mesquita Yeni em Istambul) e difere das outras mesquitas egípcias que foram construídas no estilo arquitetônico Mamluk.

A mesquita tem um domo central cercada por quarto pequenos domos e quatro domos semicirculares. O minarete (torre da mesquita) tem estilo arquitetônico turco e 82 metros de altura. A tumba de Muhammad Ali Pasha está localizada no centro do pátio e é feita de mármore de Carrara.

O grande salão de orações é coberto por um enorme domo em estilo turco. O parapeito sul oferece vistas do Cairo, da Mesquita do Sultão Hassan e das Mesquitas de Ibn Tulun.

Para entrar na mesquita, é necessário tirar os sapatos. Se você não quiser deixá-lo na portaria, pode comprar um saquinho para colocar no pé por LE 1. E mesmo a minha saia sendo mais compridinha, tive que amarrar minha pashmina para cobrir uma extensão maior da perna (fui de novo enganada pelo filme Meus dias no Egito!)


  • DESCRIÇÃO
  • DESCRIÇÃO
  • DESCRIÇÃO
  • DESCRIÇÃO
  • DESCRIÇÃO
  • DESCRIÇÃO
  • DESCRIÇÃO
  • DESCRIÇÃO
  • DESCRIÇÃO
  • DESCRIÇÃO
  • DESCRIÇÃO
  • DESCRIÇÃO
  • DESCRIÇÃO
  • DESCRIÇÃO






























Mesquita de Al-Nasir Muhammad



A mesquita de Al-Nasr Muhammad foi construída no século XIV e está localizada na Cidadela. Era onde os sultões iam para suas preces de sexta-feira.

O Sultão Mamluk, Al-Nasr Muhammad, construiu a mesquita em 1318 como um lugar de oração para o governador e membros das forças armadas. A estrutura original foi melhorada e a altura aumentou em 1338. No século XVI, o domo do salão de orações caiu. Quando os Turcos Otomanos conquistaram o Egito, eles pilharam a mesquita e levaram a maioria das peças de mármore para a Turquia. A mesquita continuou negligenciada até os ingleses tomarem a administração do Cairo no fim do século XVIII.

O Sultão Al-Nasr Muhammad construiu a mesquita no estilo Bahri Mamluk. Ela possui um grande salão com um teto sob colunas. Há uma sala privada lateral fechada por uma complexa peça de ferro. A chamada para as orações era transmitida pelo minarete norte, assim tanto as forças armadas quanto as tropas do palácio poderiam ouví-la. O prédio foi construído em forma de praça com um pátio central que suporta até 5.000 fiéis. O teto é coberto por mosaicos de vidos, uma forma de decoração largamente usada pelo Sultão Al-Nasr Muhammad em todas as estruturas que ele ordenou a construção. 

A mesquita permanece um local de orações e é raramente visitada pelos turistas. E justamente, eu não visitei essa mesquita, portanto não tenho mais fotos além dessa de cima (que robei pelo Google).


Fonte: GPSmyCity.com

beijos,

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada por comentar! Eu vou amar saber o que você achou do post!

Compartilhe!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
pequeno ponto de vista de Carol Neves © 2013 | ALL RIGHTS RESERVED.