Compras coletivas: seu cupom expirou?

Eu já levo mesmo a fama de 'rainha do Procon', então vou contando meus causos por aqui, afinal, esse tipo de informação é sempre muito necessária. Por incrível que pareça não passei por muitas situações, mas com certeza terei muito ainda pra contar, parece que atraio essas coisas oO xô urucubaca!




Adoro sites de compras coletivas. Uso muito e na maioria das vezes foi muito proveitoso para mim. Raríssimas vezes tive problemas - aliás, é mais fácil o estabelecimento abrir uma exceção para você, afinal, ele está tentando te conquistar. 

Comprei um cupom super tentador no Peixe Urbano, valia uma massagem com pedras quentes na Powerlife, aqui em Juiz de Fora. Só que tinha uma regra que eu realmente não vi, que estabelecia 1 mês para agendar a massagem. Faltando umas 2 semanas para o cupom expirar, liguei animadíssima para a Powerlife e a menina me disse que não agendaria, pois já tinha passado o prazo. Expliquei que trabalho em um shopping e que minhas folgas não são fixas, obtive como resposta um belo "não tenho nada com isso".

Eu já tinha ouvido falar da lei que condena esse tipo de procedimento, liguei novamente para a Powerlife e dessa vez falei com o (acho) dono. Expliquei que se não fosse atendida, eles teriam que me devolver o dinheiro. Resposta:
'Não foi a Powerlife que te vendeu esse cupom, então vá resolver com o Peixe Urbano. Se você não tem folga fixa, não deveria ter comprado, pois isso não serve pra você. E não me importo se você está insatisfeita, pois tenho vários clientes satisfeitos. Aliás, assim como você, a maioria das pessoas que comprou ainda não marcou, e também será negado o agendamento. Pode ir no Procon, não vai dar em nada, já paguei a todos os profissionais, independente deles terem feito a massagem ou não.'

Pra mim isso se chama 'ganhar dinheiro sem trabalhar' e é falta de respeito com o consumidor.

Então o que fazer se o seu cupom expirar e você ainda não tiver utilizado o serviço?
O Código de Defesa do Consumido é bem claro quanto a isso:

CDC - Lei nº 8.078 de 11 de Setembro de 1990

Art. 35. Se o fornecedor de produtos ou serviços recusar cumprimento à oferta, apresentação ou publicidade, o consumidor poderá, alternativamente e à sua livre escolha:
I - exigir o cumprimento forçado da obrigação, nos termos da oferta, apresentação ou publicidade;
II - aceitar outro produto ou prestação de serviço equivalente;
III - rescindir o contrato, com direito à restituição de quantia eventualmente antecipada, monetariamente atualizada, e a perdas e danos.

E o que aconteceu comigo?
Entrei em contato com o Peixe Urbano e, através de emails (um pouco demorados e com muitas citações da palavra 'Procon'), eles resolveram a situação para mim. Não me devolveram o dinheiro, mas me deram um crédito sem validade no valor que paguei no cupom. Sei que pro Peixe Urbano isso não é nada demais, mas ao menos é uma atenção com o cliente que me satisfez.

Então não dê bobeira, consulte sempre o Procon se tiver dúvidas, mas não deixe seus direitos pra lá!
Fonte: Site JusBrasil

Comentários
4 Comentários

4 comentários:

  1. Oficina Chic disse...:

    Nossa, eu não tinha essa informação sobre os cupons.. Mt bom saber!
    Beijos, Gabi.

  1. Eu acho isto tb, temos que correr atrás dos nosso direitos sempre, vc está certa.

    Olha a lista da Risque são 13 esmaltes tenho que procura-los aqui, o TÂmara está fora da validade mas guardei pq ele é lindo os outro vou dar uma olhada
    Passando para desejar...
    BOA SEXTA! ♥
    ♥ Beijos coloridos!

  1. Carol querida!

    Isso mesmo! Temos que pedir ajuda sempre... quando necessário! Ainda bem que não perdeu o seu dinheiro! Agora, foi bom para ficarmos sempre atentas aos prazos...


    Bjss e um maravilhoso final de semana!

    http://toutlamour.blogspot.com.br/

  1. Nunca fiz compras coletivas, mas já gente que teve problemas com esses sites!
    Beijos,
    Carol.

Postar um comentário

Obrigada por comentar! Eu vou amar saber o que você achou do post!

Compartilhe!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
pequeno ponto de vista de Carol Neves © 2013 | ALL RIGHTS RESERVED.